Infelizmente, esta promoção não está disponível
[PRIME] Livro - A desobediência civil | R$ 15
127° Acabou

[PRIME] Livro - A desobediência civil | R$ 15

R$15Vendido por Amazon
13
127° Acabou
[PRIME] Livro - A desobediência civil | R$ 15
20 de agosto de 2020

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Formas de pagamento:
  • Cartões de crédito
  • Cartões de débito (Bradesco, Banco do Brasil, Itaú e Santander)
  • Boleto Bancário

Destaques:
  • Capa comum
  • 152 páginas
  • 2 textos extras além do título

Sinopse:
Uma das mais intrigantes personalidades do século XIX, Henry David Thoreau (1817-62) foi um homem de múltiplos interesses, mas era nas letras e na oratória que se manifestava sua verdadeira vocação: a de corajoso crítico do ideal americano de viver para o trabalho e para o consumo, o nascente American Way of Life. Um dos precursores do pensamento ecológico e da resistência pacífica, conquistou admiradores ilustres, como Tolstói, Martin Luther King e Mahatma Gandhi. O alvo principal de suas análises era a formação da nação americana: calcado no sistema escravista e afeito às guerras, o país ia, aos poucos, aprofundando as bases políticas e sociais que, para Thoreau, eram contrárias justamente ao baluarte mais defendido: a liberdade individual. Opondo-se ao senso comum, que considera a obediência às leis e às normas sociais como súmula da moral, Thoreau defendia que o dever para com a própria consciência está acima do dever de um cidadão para com o Estado. Formada por cinco textos, a edição traz, em sua abertura, aquele que dá nome ao livro: “A desobediência civil”, de 1849, responsável por inserir o pensamento político de Thoreau na história mundial. O segundo ensaio, “Onde vivi, e para quê”, foi extraído de seu livro Walden, em que retrata os anos em retiro numa floresta. Em “A escravidão em Massachusetts”, Thoreau discursa contra a prisão do escravo fugitivo Anthony Burns. O quarto ensaio, “Caminhar”, tem origem numa palestra em que o filósofo se mostra em perfeita comunhão com a natureza e consigo mesmo ao passear sem objetivo por bosques e florestas. Por fim, a “Vida sem princípios” é um apelo a outro modo de viver, distante da dedicação excessiva ao trabalho.

Avaliações:
475168.jpg

**Em caso de valor diferente do anunciado, favor nos avisar para que possamos encerrar a promoção. Contamos com a sua ajuda para manter a comunidade organizada e em movimento

**Caso tenha interesse, você pode cadastrar esse produto no Alerta de palavras chave do Pelando, assim, você será notificado quando ele aparecer novamente. Saiba como pelando.com.br/dis…081
Complementos da Comunidade
Top Comentários
guirj220/08/2020 21:27

Pegar para fazer uma fogueira


Queimar livros lembra um período bastante triste da História. Ao invés de queimar, talvez fosse melhor ler.
guirj220/08/2020 21:53

Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com me …Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.


Conhecimento é conhecimento. Não entendi seu ponto.
guirj220/08/2020 21:53

Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com me …Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.


Ter conhecimento sobre a obra não quer dizer que você vai repetir o que o cara fez, leitura é pra refletir. Principalmente sobre algo que foi publicado em 1849...
13 Comentários
Interessantíssimo, peguei. Obrigado
Pegar para fazer uma fogueira
Boa pedida no atual momento.
É um livro muito bom, porém acredito que esteja no preço normal. Costumava ser vendido em bancas de jornais por R$15 em meados de 2013...
Ótimo para acender uma fogueira.
alexandre.vique20/08/2020 21:35

Ótimo para acender uma fogueira.


Já tem tanta gente usando a Constituição Federal pra isso, mesmo... (ambos são leituras bastante necessárias).
guirj220/08/2020 21:27

Pegar para fazer uma fogueira


Queimar livros lembra um período bastante triste da História. Ao invés de queimar, talvez fosse melhor ler.
PettersonThRod20/08/2020 21:42

Queimar livros lembra um período bastante triste da História. Ao invés de q …Queimar livros lembra um período bastante triste da História. Ao invés de queimar, talvez fosse melhor ler.


Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.
Editado por "guirj2" 20 de agosto
guirj220/08/2020 21:53

Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com me …Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.


Conhecimento é conhecimento. Não entendi seu ponto.
guirj220/08/2020 21:53

Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com me …Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.


Ter conhecimento sobre a obra não quer dizer que você vai repetir o que o cara fez, leitura é pra refletir. Principalmente sobre algo que foi publicado em 1849...
Essa capa tá torta
guirj220/08/2020 21:53

Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com me …Livrinho com viés anarco/libertário, não obrigado. Coisa de gente com mente vazia que prega o caos.


Só por não ler sobre o assunto, já prova quem você é, se informe mesmo que seja uma opinião contrária.
Ótimo livro! O cara nem parece norte americano
Qual a sua opinião?
Avatar
@
    Texto