Infelizmente, esta promoção não está disponível
O avesso e o direito: (Nova edição) | R$16
93° Acabou

O avesso e o direito: (Nova edição) | R$16

Time Pelando1
Time Pelando
27 de fevereiro

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Forma de pagamento: à vista

Destaques:

  • Menor preço segundo a extensão do Pelando
  • Capa comum
  • 80 páginas

404411-1Mqvu.jpg
Sinopse:


Albert Camus tinha apenas 22 anos quando publicou, na Argélia, O avesso e o direito, conjunto de cinco peças que ele classificou como “ensaios literários”. Já estão ali o estilo poético que é sua marca registrada e a preocupação com alguns temas essenciais, como o amor ao Mediterrâneo, a solidão do homem em meio ao abandono e o absurdo da condição humana. Francês da Argélia, Camus recebeu a luz do Mediterrâneo como um dom de vida, expressa numa escrita nobre, um pouco à espanhola, mas com registro variado. Mais do que negar Deus, naqueles anos de juventude, desisnteressou-se dele. Quando amadureceu na reflexão, compreendeu que o homem é o valor capital e relegou Deus às ideias-fábulas dos poetas. Mais tarde, ao romper com os existencialistas, denunciou os regimes totalitários (sobretudo os de esquerda) e proclamou, no Discurso da Suécia, ao receber o prêmio Nobel, que “o escritor não pode se colocar a serviço daqueles que fazem a História; ele está a serviço daqueles que a sofrem”. O avesso e o direito é uma leitura fundamental para uma compreensão mais abrangente da vida e da obra de Camus.



Resenhas:



**Em caso de valor diferente do anunciado, favor nos avisar para que possamos encerrar a promoção. Contamos com a sua ajuda para manter a comunidade organizada e em movimento!


*** Caso tenha interesse, você pode cadastrar um alerta para acompanhar a postagem de promoções desse tipo, saiba como clicando aqui: pelando.com.br/ofe…486
Complementos da Comunidade

Categorias

1 Comentário
Bacana, estava a um tempo querendo ler algo do Camus, que foi Nobel da Literatura em 1957.
Uma pena ser um autor pouco divulgado no mainstream.
Qual a sua opinião?
Avatar
@
    Texto