Infelizmente, esta promoção não está disponível
5 de fevereiro

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Dividido em sete “livros” – tal como a Bíblia, por exemplo –, o Kāmasūtra difundiu-se no Ocidente a partir de uma tradução publicada em inglês por Richard Francis Burton (1821-1890) em 1883.
Essa tradução, porém, limita-se ao segundo “livro” do Kāmasūtra – o “Livro do sexo”, que descreve sobretudo técnicas de coito entre homem e mulher.
Ou seja, a íntegra dos sete “livros” do Kāmasūtra não se restringe ao intercurso sexual – mas a tradução de Burton, ao se limitar a apenas um deles, fez desse título um sinônimo de “manual do sexo”.

O título de cada capítulo do “Livro do sexo” do Kāmasūtra é bastante elucidativo: “Os tipos de união sexual segundo o tamanho, a duração e a intensidade do desejo”; “Abraços”; “Beijos”; “Arranhões”; “Mordidas”; “Posições sexuais”; “Golpes e gemidos”; “A mulher agindo como homem e as estocadas do homem”; “Sexo oral”; e “O começo e o fim da relação sexual, os vários tipos de união e as brigas entre os amantes”. Todos os capítulos são encerrados com poemas.

Há diversas edições intituladas Kāmasūtra disponíveis em português. Nenhuma delas, porém, foi traduzida diretamente do idioma original. A edição do selo Tordesilhas é a primeira vertida do sânscrito para o nosso idioma, inclusive respeitando a forma como o texto surgiu no século IV (Burton incorporou, em sua tradução, os comentários acrescentados por um autor chamado Yaśodhara, no século XIII, que na edição do Tordesilhas estão em lugar adequado: nas notas de rodapé).

O trabalho foi realizado por dois especialistas formados pela Universidade de São Paulo: Daniel Moreira Miranda e Juliana Di Fiori Pondian.

Além da tradução pioneira diretamente do sânscrito, a edição do Tordesilhas, em capa dura, é ilustrada pelo artista plástico argentino Alfredo Benavídez Bedoya, e contém posfácio de Eliane Robert Moraes, professora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da USP – e estudiosa da literatura fescenina. O volume traz ainda um glossário e uma “Tabela de correspondências para leitura dos termos em sânscrito”.
Complementos da Comunidade

Categorias

4 Comentários
Se não for capa dura nem adianta comprar.😏
Capa ereta
cedin05/02/2020 10:11

Se não for capa dura nem adianta comprar.😏


vim seco pra fazer essa piadinha....
Qual a sua opinião?
Avatar
@
    Texto