Infelizmente, esta promoção não está disponível
AS VIAGENS DE D. PEDRO II - Oriente Médio e África do Norte, 1871 e 1876 | R$38
317° Acabou

AS VIAGENS DE D. PEDRO II - Oriente Médio e África do Norte, 1871 e 1876 | R$38

R$38Vendido por Amazon
317° Acabou
AS VIAGENS DE D. PEDRO II - Oriente Médio e África do Norte, 1871 e 1876 | R$38
14 de junho de 2021

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Estudar o passado, para entender o presente e prevê o futuro, Com estudo você adquire conhecimento,E com o conhecimento Você encontra soluções.A vida de d. Pedro II foi quase inteiramente dedicada ao seu império e aos estudos nas mais diversas áreas científicas. Durante seu reinado de quase meio século, ele realizou três grandes viagens internacionais, e duas delas, em 1871 e 1876, incluíram o Oriente e a África do Norte.
Montado em uma égua branca e acompanhado de uma comitiva de intelectuais e grandes fazendeiros, o imperador era admirado por onde passava pela sua simplicidade e tinha interesse não só em conhecer paisagens e povos diferentes, mas também em divulgar a ?terra dos papagaios?, mostrando que a Amrik (pronúncia árabe para América) não se resumia à América do Norte.
D. Pedro II pode ser considerado o primeiro relações-públicas brasileiro, descrevendo o Brasil aos povos árabes, africanos e europeus como um imenso e fascinante paraíso a ser desbravado. O imperador era conhecedor de mais de dezessete idiomas, entre eles o árabe, o hebraico, o turco, o inglês e o francês,Encarava os estudos linguísticos como um fator de fortalecimento da comunicação com os estrangeiros.
Praticamente todas as impressões de suas viagens estão registradas em seus diários. Nada escapava à sua pena e ao seu olhar observador. Neste As viagens de d. Pedro II, o pesquisador Roberto Khatlab apresenta um panorama do Oriente e da África do Norte pela visão do imperador, além de construir um perfil inovador do monarca visionário que guiou parte da história do nosso país.
Complementos da Comunidade
5 Comentários
Qual a sua opinião?