33°
Encerrada
[STEAM] Transformers War for Cybertron - R$ 8,74

[STEAM] Transformers War for Cybertron - R$ 8,74

VideogamesVer outras promoções de Steam

[STEAM] Transformers War for Cybertron - R$ 8,74

Fala Pelandos..
Boa promoção na Steam. Um bom jogo para começar bem a semana!

ANÁLISE

War for Cybertron não é mais uma adaptação de um filme hollywoodiano, ou sequer uma versão para os video games de alguma das várias séries animadas ou quadrinizadas que compõem a mitologia Transformer.

A nova produção da High Moon estrelada pelas máquinas senciêntes criadas pela Hasbro é um novo capítulo na saga dos robôs de Cybertron. O jogo revira as origens do conflito entre Autobots e Decepticons, preenchendo várias lacunas da saga.

O melhor de tudo é que War for Cybertron não se limita a trazer uma boa história: o conflito entre Megatron (líder Deception) e Optimus Prime (líder Autobot) pode não ser uma obra-prima, entretanto, é um jogo consistente e divertido.

Mesmo sem muito alarde, a nova produção da High Moon agrada em vários aspectos e deixa uma ótima impressão para os jogadores, fazendo justiça à tão explorada série de brinquedos da Hasbro.

------------------------------------------------
APROVADO
------------------------------------------------


Deuses e robôs

A trama é original e totalmente ambientada em Cybertron, planeta natal dos Transformers e corpo do deus robô, Primus. A história se desenvolve muito antes do primeiro contato com a Terra e mostra os primórdios da guerra entre Autobots e Decepticons.

Com a morte de Zeta Prime, Megatron enxerga o momento perfeito para iniciar uma revolta para restaurar a velha glória de Cybertron, mesmo que à força. Para impedir os planos de domínio planetário de Megatron, Optimus Prime — o inexperiente sucessor de Zeta Prime — reúne um grupo de robôs fiéis à causa, os Autobots.

A história se divide em dez capítulos, cinco para cada facção, Decepticons e Autobots. Você joga com os dois grupos, porém pode optar se inicia a tropa com as legiões de Megatron ou de Optimus Prime. Essa escolha independe do fato de a história central se iniciar com a saga Decepticon.

Metaleiros

Somando os personagens das duas versões, War for Cybertron conta com um elenco de peso: são vários Transformers das duas facções, cada um com transformações e combinações de armas particulares.

Entre as estrelas do jogo estão os sempre populares Optimus Prime, Megatron, Bumblebee e Starscream, além de outros Transformers conhecidos dos fãs, mas que recebem pouco destaque nas várias edições da franquia, como os “titãs” Omega Supreme e Trypticon.

A High Moon, desenvolvedora do jogo, mesclou com muita habilidade vários elementos próprios dos títulos de ação em terceira pessoa. Assim, o título conta com um belo sistema de combate próximo e a distância, sem apelar para a já exaurida dinâmica de tiro em primeira pessoa com esquema de “cobertura”.

Cada estágio conta com três robôs em cena, sendo que você controla apenas um deles, enquanto que a inteligência artificial ou outros jogadores comandam os outros dois. Infelizmente a campanha cooperativa só pode ser jogada online, sem nenhum suporte para partidas splitscreen.

Mais do que veem os olhos

As transformações dos robôs multifuncionais de Cybertron não são apenas “floreios”. Todos os estágios e encontros ao longo dos níveis foram construídos ao redor da habilidade dos Transformers de mudarem entre sua forma humanoide e veicular.

Dominar ambas as formas é essencial para o seu progresso. A High Moon conseguiu entregar um jogo que recompensa tanto o pensamento estratégico quanto a experimentação e avanços impensados.

Saltos em precipícios se transformam em táticas de fuga quando você vira um jato em plena queda. A combinação de socos, tiros e transformações oferece muita versatilidade ao sistema de combate e é um dos grandes méritos de War for Cybertron.

Autobots versus Decepticons

A campanha cooperativa online é um dos grandes atrativos, porém são nos modos competitivos que War for Cybertron realmente se destaca. O título aposta em um esquema que mistura a estrutura de Unreal Championship com o sistema de classes de títulos como Team Fortress 2 e Bad Company 2.

War for Cybertron volta a utilizar com sabedoria as transformações dos robôs multifuncionais da Hasbro para criar algo verdadeiramente novo. Os cenários da campanha reaparecem para sediar caóticas batalhas online.

As partidas são limitadas a dez jogadores, cinco para cada lado, porém são capazes de entregar combates tão frenéticos e disputados quanto os vistos em salas com suporte para muitos mais jogadores simultâneos.

Tunagem mecatrônica

Impulsionados pela notória Unreal Engine 3, os gráficos de War for Cybertron fazem bonito na tela. Além de visuais de alta qualidade, o jogo também conta com designs interessantes, incluindo a remodelagem de vários Transformers — que por sinal acabaram ficando melhores do que os originais.

------------------------------------------------
REPROVADO
------------------------------------------------


Arranhando a marcha

Mas nem só de glórias vivem os robôs de Cybertron. O framerate sofre um bocado quando os gráficos são forçados. A instabilidade não é uma constante, mas certamente deve aborrecer os jogadores mais exigentes.

Esmagar, matar, destruir...

Apesar de agitada, a campanha pode se tornar um tanto repetitiva, com objetivos similares e estrutura de jogo linear. Seguir por corredores estreitos espancando e fuzilando máquinas rivais é extremamente divertido, mas uma hora acaba cansando.

Caos

As batalhas contra os chefes são épicas, robôs monumentais ocupam grande parte da tela e tornam as lutas ainda mais interessantes, entretanto a ação se desenvolve de tal forma que você alternará momentos de morte iminente com algumas brechas no fogo inimigo, descarregando sua fúria no famoso “ponto vermelho” do oponente.

------------------------------------------------
VALE A PENA?
------------------------------------------------


A High Moon fez um belíssimo trabalho à frente de War for Cybertron. Fugindo das famigeradas adaptações papa-níqueis das películas cinematográficas, o jogo aposta na rica mitologia da franquia Transformers — que soma 18 séries de animação, 20 linhas de histórias em quadrinhos e inúmeros brinquedos da Hasbro — para entregar uma história envolvente e uma jogabilidade bem adaptada.

War for Cybertron impressiona pela sua campanha single player e pela versatilidade dos modos multiplayer — que incluem campanha cooperativa e uma sorte de modalidades competitivas — oferecendo um jogo profundo e inventivo, fazendo justiça à rica história dos Transformers.

O jogo não é perfeito, mas o grande mérito é a sua capacidade de impressionar o jogador, que não esperava encontrar algo realmente bom. Os fãs certamente têm um prato cheio pela frente, e quem busca um bom jogo de ação também estará bem servido.

Redator

Gameplay pra quem se interessou como eu. Quantidade de bala que rola é cabuloso.hehehe E achei os gráficos até bacanas

4 Comentários

Lembrando que a promoção vai até as 14h de hoje (mais 27 min)

Pois é.. Ia deixar pra comprar hoje à noite, já que a steam é bloqueada aqui no serviço. Não havia me atentado à data quando vi o e-mail, só mesmo quando fui cadastrar a promoção!

@Janes.Roberto Sempre dá para comprar pelo site mobile ou pelo app da Steam

Instalei o App, mas até esqueci minha senha aqui, Vou deixar pra próxima, hehehhe!

Envie um comentário
Avatar
@
    Texto