Infelizmente, esta promoção não está disponível
Serra Circular Elétrica Philco PSC01 7 1/4” 1500W - 5500 RPM -110v | R$332
135° Acabou

Serra Circular Elétrica Philco PSC01 7 1/4” 1500W - 5500 RPM -110v | R$332

R$332Vendido por Magazine Luiza
Time Pelando3
Time Pelando
135° Acabou
Serra Circular Elétrica Philco PSC01 7 1/4” 1500W - 5500 RPM -110v | R$332
4 de março de 2021

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Forma de pagamento: à vista


Destaques:

  • Menor preço segundo o Google Shopping
  • 1500W de potência
  • Velocidade de 5500 rpm
  • Cordão elétrico de 1 metro e é 100% rolamentada



561418-BLAdl.jpg
Textos que podem te ajudar na compra:


O que você deve saber antes de comprar uma serra circular:


  • Serras circulares são usadas para cortar madeiras tanto para fabricação de móveis quanto na construção civil. Possuem modelos de bancada ou portáteis, sendo que alguns modelos funcionam à bateria.
  • O nome circular está ligado ao formato do disco, esse tipo de serra é ideal para cortes retos. Se você quer cortar com detalhes ou com reentrâncias talvez a melhor opção seria uma serra tico tico, já que ao contrário do disco a lâmina consegue fazer um movimento de vai e vem na madeira.
  • Apesar de não ser uma regra, de um modo geral as serras com disco maior, são mais potentes e podem cortar materiais mais espessos e duros que as menores.
  • Uma serra circular com potência de 1.200 Watts é uma boa alternativa se você vai trabalhar com materiais como MDF ou compensado, para madeiras mais duras e grossas dê preferência a serras com potência maior que 1.500 W .

Vídeos para te ajudar na compra:




**Em caso de valor diferente do anunciado, favor nos avisar para que possamos encerrar a promoção. Contamos com a sua ajuda para manter a comunidade organizada e em movimento!



*** Caso tenha interesse, você pode cadastrar um alerta para acompanhar a postagem de promoções desse tipo, saiba como clicando aqui: pelando.com.br/ofe…486
Complementos da Comunidade
3 Comentários
Qual a sua opinião?