Infelizmente, esta promoção não está disponível
[PRIME] Flores para Algernon - R$30
145° Acabou

[PRIME] Flores para Algernon - R$30

R$30Vendido por Amazon
3
145° Acabou
[PRIME] Flores para Algernon - R$30
25 de novembro de 2020Enviado de Gibraltar

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Tô de olho nele a um tempo e o preço tá bom.

+Publicado originalmente em 1966, Flores para Algernon foi o grande expoente da carreira do escritor, ganhador do prêmio Nebula e inspiração para o filme Os Dois Mundos de Charly (1968) – que garantiu a Cliff Robertson



o Oscar de Melhor Ator. E com mais de 5 milhões de exemplares vendidos e



referência dentro das escolas dos Estados Unidos, a obra surgiu sobre



as palavras de um homem de 32 anos e 68 de QI: Charlie Gordon.






Com excesso de erros no início do romance, os relatos de Charlie



revelam sua condição limitada, consequência de uma grave deficiência



intelectual, que ao menos o mantém protegido dentro de um “mundo”



particular – indiferente às gozações dos colegas de trabalho e intocado



por tragédias familiares. Porém, ao participar de uma cirurgia



revolucionária que aumenta o seu QI, ele não apenas se torna mais



inteligente que os próprios médicos que o operaram, como também vira



testemunha de uma nova realidade: ácida, crua e problemática. Se o



conhecimento é uma benção, Daniel Keyes constrói um personagem complexo e



intrigante, que questiona essa sorte e reflete sobre suas relações



sociais e a própria existência. E tudo isso ao lado de Algernon, seu



rato de estimação e a primeira cobaia bem-sucedida no processo



cirúrgico.

Perturbador e profundo, Flores para Algernon é tão



contemporâneo quanto na época de sua primeira publicação, debatendo



visões de mundo, relações interpessoais e, claro, a percepção sobre nós



mesmos. Assim, se você está preparado para explorar as realidades de



Charlie Gordon, também é a chance para perguntar: afinal, o mundo que



sempre percebemos a nossa volta realmente existe?
Complementos da Comunidade
3 Comentários
Qual a sua opinião?