Infelizmente, esta promoção não está disponível
Ebook: Fracasso e acaso: Uma reflexāo sobre erros, acertos e o papel do aleatório em nossas vidas
865° Acabou

Ebook: Fracasso e acaso: Uma reflexāo sobre erros, acertos e o papel do aleatório em nossas vidas

1
22 de abril

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Autores: psicanalista Luis Alberto Py e físico Ricardo Horowicz.
Em 17 de janeiro de 1912, um grupo de exploradores liderado pelo oficial britânico Robert Falcon Scott atingiu, após enfrentar frio, fome e cansaço, seu objetivo — a conquista do Polo Sul. Infelizmente, para os homens que ali chegavam, o adjetivo "inédito" não podia ser empregado ao feito — outra expedição havia realizado a façanha apenas um mês antes. A eles nada restou exceto dar as costas e iniciar a viagem de volta — que jamais seria concluída.

Um século depois, em 2012, outro grupo de britânicos — pesquisadores da Cass Business School — resolveu colocar à prova a tese do economista Burton Malkiel, de que "um macaco de olhos vendados lançando dardos na página de finanças de um jornal é capaz de escolher um portfólio de investimentos com desempenho tão bom quanto um montado criteriosamente por especialistas". Malkiel estava errado: praticamente todos os dez milhões de índices gerados aleatoriamente pelos pesquisadores apresentaram resultados melhores do que os selecionados por profissionais.

Que lições estas histórias nos trazem? Poderíamos dizer que a expedição de Scott foi um fracasso — invalidando uma empreitada de mais de três anos por um atraso de meros trinta dias? Teríamos coragem de entregar nossas decisões financeiras, nossas decisões pessoais, ao acaso — ignorando inteiramente a opinião de especialistas e até mesmo nossa própria intuição?

Analisando erros e acertos em nossas trajetórias, o físico Ricardo Horowicz e o psicanalista Luiz Alberto Py se debruçam sobre temas como amor, inveja, finanças, sucesso e arrependimento para questionar se temos afinal controle sobre os acontecimentos em nossas vidas, o quanto somos responsáveis por nossas derrotas (ou por nossas conquistas), e quais as lições que podemos tirar a partir disso para transformar nossa relação com o mundo e com nós mesmos.
Complementos da Comunidade

Categorias

1 Comentário
Sobre o tema, recomendo O Andar do bêbado.
Qual a sua opinião?
Avatar
@
    Texto