Infelizmente, esta promoção não está disponível
Ave Chester PERDIGÃO Temperada Congelada 4Kg (R$72)
447° Acabou

Ave Chester PERDIGÃO Temperada Congelada 4Kg (R$72)

R$72Vendido por Angeloni
25
447° Acabou
Ave Chester PERDIGÃO Temperada Congelada 4Kg (R$72)
22 de dezembro de 2020

Esta promoção está encerrada. Aqui estão algumas opções que podem te interessar:

Lembrando que o valor é por Kg, ou seja, por pesar 4Kg está custando R$71,92.

Você já viu um Chester Perdigão vivo? Confiram:


Assim como cabeça de bacalhau, enterro de anão e o caviar que a gente nunca vê, só ouve falar, no ano em que a Perdigão comemora 40 anos da chegada do produto ao Brasil, a BRF, dona da marca, colocou fim a um mistério que durou décadas e mostra fotos do animal em vida.


535254.jpg

535254.jpg

535254.jpg
Durante o tempo em que permaneceu "escondido", muitas lendas foram criadas a respeito do Chester. Algumas diziam que ele não tinha cabeça ou que comia tanto a ponto de não conseguir se mexer.

Afinal, o que é o Chester?

O Chester é uma marca registrada, e não uma espécie. A ave tem origem em uma linhagem de frango que foi trazida da Escócia para o Brasil em 1980. Poucos anos depois, ele passou a ser comercializado no país como concorrente do peru de Natal da Sadia (hoje, Sadia e Perdigão pertencem à BRF).

A produção do Chester se concentra na cidade de Mineiros, em Goiás. O tempo de criação é superior ao do frango convencional: o Chester é abatido quando tem em torno de 50 dias, 20 dias a mais do que o frango.

A alimentação também é diferenciada, com uma dieta balanceada, com vitaminas e minerais, específica para suas necessidades de desenvolvimento. Tudo isso gera diferenças no tamanho da ave e na carne.

Curiosidades:

É maior que o frango comum;

Não tem hormônios, conforme proibição da legislação brasileira;

Tem a carne mais macia;

O sabor é mais suave em comparação com outras aves natalinas;

70% da carne são concentradas no peito e nas coxas, partes nobres da ave;

Tem menos gordura que o frango;

Embora venha de uma linhagem de frango escocesa, só é vendido no Brasil.

Apesar de só ser vendido no Natal, a produção começa em março.

Só são vendidos como Chester os machos sem defeitos (como contusões e fraturas).

As fêmeas dessa linhagem não crescem tanto quanto os machos. Por isso, são abatidas na mesma idade que os frangos convencionais e vendidas em cortes embalados em bandejas.

Os machos abatidos que não atendem ao padrão de qualidade para o produto natalino são transformados em produtos como peito, embutidos e processados de Chester.
Complementos da Comunidade
Top Comentários
25 Comentários
Qual a sua opinião?