Golpe das Panelas e Mercado livre

27 de janeiro de 2017
Sei que foge um pouco do padrão do pelando, mas recentemente, cai em um golpe ao comprar na rua panelas da marca Mayerhouse e gostaria de alertar os amantes de descontos.


Então, resolvi avisar as pessoas para que o golpe pare de ocorrer. Hoje mesmo, um amigo quase comprou essas panelas, em uma cidade a 500 km da minha. Os vendedores seguiam o mesmo padrão. Os produtos ficavam em uma hilux, a vendadora te abordava, falando que está indo viajar e sobraram algumas panelas pra vender, por isso vai fazer um super preço, etc, etc.


Coloquei no mercado livre, em alguns produtos: "Golpe das Panelas - CUIDADO. Infelizmente cai nesse golpe ao comprar essas panelas. Procure no youtube por golpe das panelas que você verá as pessoas que foram presas vendendo essa panela específica, da marca Mayerhouse, que é uma falsificação da Millherhouse. Aparentemente ela parece ser a melhor panela do mundo, ao usar você constata as diversas falhas no produto. O que me chamou a atenção foi que a vendedora ao me abordar disse: "olha na internet o preço aí da panela". Não achei o site da marca (porque não existe, a marca é falsificada). Porém, achei esses anúncios no mercado livre pelo dobro do preço que paguei (1200 reais). Só agora percebi que o intuito desses anúncios era colocar na internet um preço exorbitante para a panela para, fora do mercado livre, vender ela por metade desse preço. Desafio, portanto, o vendedor a comprovar a autenticidade da panela, informando pelo menos o site da marca".


Alguns me agradeceram por descobrir que tinham caído no mesmo golpe, outros me questionaram o que tornava o produto falsificado.


Respondi:


"Olá. Terei o maior prazer em te mostrar que o seu produto é falsificado. Pelo seu texto, acredito mesmo que você não saiba que o produto é falsificado. O mercado livre não permite que eu coloque links ou fotos nessa pergunta, então vou precisar da sua ajuda para provar. 1- Toda marca possui um site, um registro ou um telefone de contato. Procure no manual, no cartão de garantia, etc. Não há site, não há telefone de contato. 2- (Esse é o definitivo). Pegue o manual, ele está em várias línguas. Olhe a foto que mostra a localização da suposta marca Mayerhouse. Tem um escrito no Prédio. Compare com a mesma foto nas outras línguas. Chocante né? O escrito foi adicionado ao prédio no photoshop (ou pela qualidade da foto, no paint mesmo). 3- Ainda no Manual, tem lugares que esqueceram de modificar o original da Millerhouse, leia-o e veja que em alguns lugares mostra Mayerhouse, outros Millerhouse. 4- Esse é o mais difícil. Há 3 tipos de inox: Austeníticos (tipos 304, 304L, 316 e 316L): possuem de 17% a 25% de cromo e de 7% a 20% de níquel. Os aços inoxidáveis desta classe não são magnéticos, ou seja, não são atraídos por ímãs. Ferríticos (tipos 430, 409, 439 e 441): possuem de 11 a 20% de cromo e menos de 0,08% de carbono. Os aços desta classe são magnéticos. Martensíticos (tipo 420 e 410): possuem de 12% a 18% de cromo e de 1% a 1,5% de carbono. São magnéticos. O que o produto clama ser é inox cirurgico, que é o 316L, um dos mais caros para produzir. É impossível distinguir o 304 do 316 sem um kit químico. Porém, para diferenciar dos outros da para fazer um teste. Pegue um ima e teste seus produtos. No meu, somente uma panela se mostrou magnética e todos os utensílios se mostraram magnéticos. 5- Esse é o grande final chocante. Entre no youtube, procure por "Casal é preso acusado de aplicar o golpe da panelas". Qual produto aparece no vídeo? Exatamente, esse mesmo."


E aí, o mercado livre excluiu todos os meus comentários por "Linguagem Vulgar".


Fica o aviso, tanto para quem compra de ambulantes, quanto para quem pensa em comprar em uma empresa que fomenta a enganação de seus clientes.
Complementos da Comunidade
Assuntos diversos
34 Comentários
Qual a sua opinião?