6 de junho de 2021
Minha afilhada sempre foi bem inteligente e bem posicionada quanto seus pensamentos. Quando sua mãe apresentou o sutiã para ela, a rejeição foi instantânea, e desde então ela nunca usou.
Com o passar dos anos ela se desenvolveu muito e muito rápido, agora ela diz estar sofrendo bullying de pessoas que se diziam amigas dela. Estas pessoas ficam apontando e chamando de nomes que não vou falar só por que ela se recusa a usar sutiã.
Ela tem sofrido muito com esse tipo de situação, a conversa com seus pais não ajudou, a conversa com minha esposa também não ajudou e ontem ela veio falar comigo. Diz não estar aguentando essa situação, ela fica constrangida é muito envergonhada quando eles apontam para ela mas ao mesmo tempo ela não quer saber de usar o acessório. Eu tentei explicar que ela tem que ser ela mesmo, não dar créditos as pessoas que não a fazem sentir acolhida, mas ela disse que não sabe o que fazer pois até as “amigas” dela ficam desrespeitando ela.
Como já era tarde e eu tinha que pegar a estrada acabei falando para ela que na volta continuaremos a conversa. Dei uma pesquisada no Google sobre o assunto é a maioria dos sites/fóruns fala para encaminhar para um psicólogo.
Antes de indicar isso a ela, existe alguma outra forma de abordagem sem ser psicólogo para tentar explicar essas coisas e fazê-la entender que ela deve ser ela mesma?
Complementos da Comunidade
Assuntos diversos
2 Comentários
Qual a sua opinião?